Rocky Balboa,

Posted by Annick Melo (: On 18:52 No comments



Rocky Balboa: Ei, cadê os meus direitos?
Burocrata da Comissão Atlética Estadual: Que direitos você pensa que está se referindo?
Rocky Balboa: Direitos, como aqueles que estão escritos naquele documento oficial ali na rua.
Burocrata: Aquela é a Carta de Direitos.
Rocky Balboa: Sim, sim. Carta de Direitos. Ali não diz algo sobre correr atrás do que te faz feliz?
Burocrata: Não, é a busca da felicidade. Mas o que isso tem a ver?
Rocky Balboa: Tem a ver é que eu estou buscando algo e ninguém parece muito contente com isso.
Burocrata: Mas... nós estamos cuidando dos seus interesses.
Rocky Balboa: Eu agradeço, mas talvez vocês estejam cuidando dos interesses de vocês um pouco mais do que os meus... Quero dizer, talvez vocês estejam fazendo o seu trabalho mas por que vocês têm que me impedir de fazer o meu? Pois se alguém está disposto a batalhar para chegar à uma posição, quem tem o direito de impedir? Talvez alguns de vocês fez uma coisa e nunca terminou, algo que queriam muito fazer, algo que nunca contaram a ninguém, alguma coisa... e dizem à vocês "não", mesmo depois que vocês pagaram o que deviam? Quem tem o direito de dizer isso à vocês? Ninguém! É o seu direito de seguir sua própria cabeça, ninguém tem direito de dizer "não" depois que você fez por merecer o direito de chegar onde você quiser e fazer o que você quiser! ... Quanto mais velho eu fico, mais coisas eu tenho que deixar para trás, essa é a vida. A única coisa que eu peço à vocês que deixem para mim... é o que é direito. 

0 Click's:

Postar um comentário